Mitos e verdades sobre síndrome de down

As pessoas têm diversas dúvidas em relação à síndrome de down, alguns criam até mitos sobre ela. Aqui iremos esclarecer se algumas das principais dúvidas são mitos ou verdades para melhorar seu entendimento sobre essa síndrome.

As crianças com síndrome de down apresentam atraso no desenvolvimento da linguagem?

VERDADE – Podemos dividir a linguagem em dois componentes básicos: compreensão e expressão. Desde pequeno as crianças tem a capacidade de assimilar os sons os quais ela tem contato e isso não muda em relação as que têm síndrome de down, mas elas possuem um desenvolvimento mais lento por ter dificuldades em interpretar estímulos sonoros.

Pessoas com Síndrome de Down são mais carinhosas?

MITO – Grande parte da população acredita que todas as pessoas com Síndrome de Down são carinhosas. Isto se deve ao fato de associá-las às crianças, porém isso é errado por que elas são pessoas comuns que dependem da educação e do ambiente em que vivem para moldar sua personalidade.

Pessoas com Síndrome de Down podem adoecer mais?

VERDADE – Por conta de uma resistência imunológica mais baixa, as crianças com síndrome de down, especialmente nos primeiros anos de vida, podem ser mais suscetíveis a infecções, principalmente no sistema respiratório e digestivo. Com o passar dos anos e com o crescimento da criança, esta propensão diminui.

Existem diferentes graus de Síndrome de Down?

MITO – A presença do cromossomo 21 extra é a mesma em todos os casos, não há graus. No entanto, a diferença entre uma pessoa e outra está nas oportunidades que cada uma tem de ser estimulada e nas características individuais que possui.

Mulheres têm maior chance de ter filhos com Síndrome de Down após os 35 anos?

VERDADE – Há uma probabilidade da presença de Síndrome de down na criança em relação à idade materna, isto é mais frequente a partir dos 35 anos porque diferente do homem, que produz espermatozoides a cada 72 desde a puberdade, a mulher tem todos os óvulos formados dentro de si desde quando ainda é bebê, e eles vão envelhecendo junto a mulher o que pode acarretar risco de alterações genéticas na formação do feto.

Quem tem Síndrome de Down precisa sempre de um cuidador 24 horas por dia?

MITO – Geralmente quem tem síndrome de down precisa de algum tipo de supervisão mas superproteção a todo momento pode ser prejudicial ao desenvolvimento. O objetivo é estimular a independência para que a criança tenha um melhor desenvolvimento. 

 

Fontes:

http://www.minhavida.com.br/saude/galerias/14912-abandone-sete-mitos-sobre-a-sindrome-de-down

https://www.deficienteciente.com.br/14-afirmacoes-sobre-sindrome-de-mitos-e-verdades.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *