Recomendação de série: Atypical

A série que iremos falar neste post se chama Atypical, disponível na plataforma de streaming netlfix. Ela fala sobre um adolescente autista de 18 anos, chamado Sam, que está no ensino médio e passa por experiências em busca de sua independência.

A série trabalha com um tom humorístico, tendo como foco os desafios diários que Sam e sua família enfrentam para lidar com sua condição. Os coadjuvantes da série tem uma profundidade e ajudam na construção da história

Casey, a irmã mais nova de Sam, é uma adolescente rebelde, mas muito apegada ao seu irmão. Ela sempre o defende das pessoas que fazem bullying.

Elsa, a mãe da família, é superprotetora com Sam. Ela tem medo de que tudo possa acontecer e não permite que ele tenha as experiências necessárias para ter uma vida independente. Mesmo assim ela se mostra uma mãe que, acima de tudo, ama sua família.

Doug, o pai da família, é o que menos sabe lidar com a condição do filho. Ele se mostra um cara sensível que faz tudo que está ao seu alcance para que sua esposa não carregue sozinhas as preocupações em relação a Sam.

Julia, a terapeuta de Sam, é quem incentiva o jovem a ir atrás de novas experiências. Ela nota que ele tem interesses comuns para sua idade, como namorar, por exemplo, e o incentiva a ir atrás disso.

Zahid, único amigo de Sam, ajuda seu amigo nessas novas experiências relacionadas a garotas.  É engraçada a relação deles por todas as teorias sobre pegar as garotas que Zahid tem e seu vocabulário chulo em relação a isso.

O bom da série é seu jeito descontraído, Sam entende as coisas no sentido literal e tem dificuldade de entender as entrelinhas, ironias e nuances trazidas pelas situações.  Mas ela também tem momentos intensos que fazem valer a pena ter visto os 8 episódios da primeira temporada.

Fonte:

https://bit.ly/2zaehSo

https://bit.ly/2Azw4UZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *