Censo de 2020 contará com a inclusão de autistas

No dia 18/07 deste ano foi sancionada a lei que incluirá informações específicas sobre pessoas com autismo no censo demográfico. O presidente divulgou em seu Twitter que a lei foi sancionada para atender a necessidade da comunidade autista.

A inclusão de perguntas sobre o autismo no censo ajudará a determinar a quantidade de pessoas dentro do espectro autista e como elas estão distribuídas no território nacional. Isso fará com que as políticas públicas sejam direcionadas corretamente e os recursos sejam corretamente aplicados em prol dos autistas.

Muitos foram a favor desta lei, outros não a viram com bons olhos. A principal dúvida em relação a ela são as perguntas que estarão no censo. Muitos autistas não foram diagnosticados por não haver políticas públicas que levem serviço de saúde mental a todos os cantos do Brasil, até nas grandes cidades o atendimento é insuficiente, já outros preferem não se assumir. Isso pode tornar o número dado pelo censo incerto.

Estimasse que há 2 milhões de autistas no Brasil, caso o censo aponte um número muito inferior a esse, justificará uma possível redução de investimentos?  Se for maior, irá ser levado em conta? Fica o questionamento.

Fonte:

https://bit.ly/2SH62qb

https://bit.ly/2LvAhzK

https://glo.bo/2SEWn3n

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *